domingo, 12 de fevereiro de 2012

Somos completamente compatíveis com o nosso tempo, um teatro sustentável e includente, “um teatro que pode ser carregado nas mãos”. Ismine Lima. E assim apresentamos orgulhosamente o relatório de nossas ações impulsionadas a partir do Prêmio Cultura Viva 2010, categoria Grupo Informal!

 

O Prêmio Cultura Viva, repercutiu sobremaneira para a projeção e visibilidade da Iniciativa Caixeiros Viajantes – Teatro Lambe-lambe. O ano de 2011 tornou-se um marco para esta expressão teatral, como a nova linguagem do teatro de animação. Pode-se afirmar que foi o ano de maior movimentação cultural, nacional e internacional. Destacam-se a organização pela representante da UNIMA da América Latina, de um Dossiê Internacional dos caixeiros viajantes. A iniciativa recebeu um convite e participou do 11º FESTIVAL INTERNACIONAL TEATRO Y ARTES DE CALLE - VALLEDOLID – ESPANHA, com suas criadoras Denise Santos e Ismine Lima.


Foi organizada a primeira amostra de Teatro lambe lambe de Itajaí e 2ª. mostra de Joinville. O Festival de Teatro de Rio do Sul, SC , pela primeira vez, abre inscrições para participação desta modalidade em sua programação. Tudo isto teve o peso da visibilidade do Prêmio Selo Cultura Viva. A nível local, no estado da Bahia, trabalhou-se para cumprir com os objetivos do projeto inicial, que era difusão do TEATRO LAMBE-LAMBE, através de oficinas, eventos e da produção de espetáculos. Neste relatório descritivo estão todas as atividades realizadas e na tabela em anexo, estão distribuídos os valores gastos para cada atividade.